RSS

quinta-feira, 17 de março de 2011

Resenha O mendigo

como eu tinha prometido para vocês: Resenha O MENDIGO de Edson  Santos

Como falei no post sobre capas, não tem como negar que elas sejam a apresentação do livro, mesmo que depois nos enganemos, o que chama atenção em primeiro lugar é a capa. E foi assim com esse livro. O vi no skoob e logo me chamou atenção e fui ler um pouco mais sobre o livro e me interessei pela historia.
De forma muito simples, sem meias palavras o autor fala sobre amizade, ganância, preconceito entre outros temas.
A historia gira em torno de alguns adolescentes de uma vila de classe média e Hebert um morador de rua, porem um homem muito sábio.
Os primeiros capítulos é mais para nos apresentar os personagens, mas já me prendeu desde a primeira página por que o enredo se desenvolve de forma rápida, sem enrolação.
Mostra como ser solidário faz bem tanto para quem recebe quanto para quem dá. O que gostei muito no livro, é tem varios ensinamentos ao longo da historia, e essas frases que me fizeram refletir vieram do personagem titulo do livro, o mendigo. Conhecendo e conversando com Hebert, o mendigo, os jovens se espantam com tamanha sabedoria e conhecimento, visão de solidariedade e companherismo. Esses são os temas principais dessa historia fantástica que me fez refletir muito. Livro incrivelmente emocionante.
Super recomendo

Separei algumas que mais gostei:
“Nunca se preocupe com a quantidade, quando a ação for generosa. Tenha sempre em mente que a vontade de ajudar é louvável, mas é a ajuda em si que verdadeiramente importa.”

“Não se jorra veneno de coração que pulsa o amor.”

“Quando dividimos as alegrias, multiplicamos as possibilidades de sermos felizes, mas quando agimos de maneira egoísta só aumentamos o nosso problema”.

“Eu tenho sempre que saber o meu valor, mas nunca acreditar que sou o único a ter valor.”

2 comentários:

o mendigo disse...

gostei da resenha vou procurar o livro pois acho que tem muita sabedoria,algumas pessoas já tinham me falado do livro , agora fiquei mais interesada.

Augusto Abreu disse...

Legal a resenha, vou tentar baixar em pdf, embora seja pior para ler. Meu nome é Augusto e escrevo contos que posto todo dia num blog que criei com este fim apenas, e convido você a ir lá: http://contospromissores.blogspot.com
Um abraço.

Postar um comentário

quinta-feira, 17 de março de 2011

Resenha O mendigo

Postado por Vanessa Almeida às 12:55
como eu tinha prometido para vocês: Resenha O MENDIGO de Edson  Santos

Como falei no post sobre capas, não tem como negar que elas sejam a apresentação do livro, mesmo que depois nos enganemos, o que chama atenção em primeiro lugar é a capa. E foi assim com esse livro. O vi no skoob e logo me chamou atenção e fui ler um pouco mais sobre o livro e me interessei pela historia.
De forma muito simples, sem meias palavras o autor fala sobre amizade, ganância, preconceito entre outros temas.
A historia gira em torno de alguns adolescentes de uma vila de classe média e Hebert um morador de rua, porem um homem muito sábio.
Os primeiros capítulos é mais para nos apresentar os personagens, mas já me prendeu desde a primeira página por que o enredo se desenvolve de forma rápida, sem enrolação.
Mostra como ser solidário faz bem tanto para quem recebe quanto para quem dá. O que gostei muito no livro, é tem varios ensinamentos ao longo da historia, e essas frases que me fizeram refletir vieram do personagem titulo do livro, o mendigo. Conhecendo e conversando com Hebert, o mendigo, os jovens se espantam com tamanha sabedoria e conhecimento, visão de solidariedade e companherismo. Esses são os temas principais dessa historia fantástica que me fez refletir muito. Livro incrivelmente emocionante.
Super recomendo

Separei algumas que mais gostei:
“Nunca se preocupe com a quantidade, quando a ação for generosa. Tenha sempre em mente que a vontade de ajudar é louvável, mas é a ajuda em si que verdadeiramente importa.”

“Não se jorra veneno de coração que pulsa o amor.”

“Quando dividimos as alegrias, multiplicamos as possibilidades de sermos felizes, mas quando agimos de maneira egoísta só aumentamos o nosso problema”.

“Eu tenho sempre que saber o meu valor, mas nunca acreditar que sou o único a ter valor.”

2 comentários on "Resenha O mendigo"

o mendigo on 18 de março de 2011 17:18 disse...

gostei da resenha vou procurar o livro pois acho que tem muita sabedoria,algumas pessoas já tinham me falado do livro , agora fiquei mais interesada.

Augusto Abreu on 28 de julho de 2011 12:44 disse...

Legal a resenha, vou tentar baixar em pdf, embora seja pior para ler. Meu nome é Augusto e escrevo contos que posto todo dia num blog que criei com este fim apenas, e convido você a ir lá: http://contospromissores.blogspot.com
Um abraço.

Postar um comentário